sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

"A Prejudicial Publicidade Infantil"

video


O filme dirigido por Estela Renner demonstra exatamente o título desta postagem. A chamada Publicidade dirigida ao publico infantil traz nefastas consequências ao processo de socialização de um ser humano em desenvolvimento. A valoração no ter, a coisificação das relações humanas, o desenvolvimento da especulação em momento delicado da vida e de formação da personalidade.

"Inveje seu coleguinha por causa do tênis que ele tem", "peça para mamãe comprar sua felicidade", "peça esse brinquedo pro seu pai", "Grite pelo celular do momento", "não fale com gente ultrapassada", "jogue fora sua sandália"... Compre, compre, compre.

Nossa sociedade vem permitindo a violência do caráter em formação cotidianamente. As mensagens de publicidade invadem os lares e abocanham cérebros inocentes e em construção dos valores humanos.

Consumidores vorazes começam a nascer e os pais buscam no comprar o preenchimento da lacuna do diálogo e do lúdico, tornando-se cúmplices sem perceber. Crianças cada vez mais insatisfeitas que sem perceber escolhem o verbo comprar como de maior importância em detrimento do brincar.

Por isso mesmo, me engajo na participação da campanha "Publicidade Infantil Não".

Clicando em publicidadeinfantilnao.org.br podemos obter maiores informações e até assinar manifesto que exige mudanças na legislação.

Nenhum comentário: